FANDOM


"Prioridade um - Proteja o espécime. Manter situação de quarentena. Proibir comunicações externas. Todas as outras considerações são secundárias".
-APOLLO, Ordem Especial 939 (de Alien: Isolation)
A Ordem Especial 939 foi uma diretriz emitida pela Weyland-Yutani Corporation para o mainframe APOLLO da Estação Sevastopol em 2137. A ordem se tratava de um pedido à APOLLO visando a proteção de um espécime do Xenomorfo XX121, mantendo a quarentena da estação e proibindo as comunicações, considerando todas as outras considerações secundárias (abrindo um requisito para que medidas fatais fossem tomadas pela inteligência na tentativa de cumprir a ordem). Quando um Alien foi ejetado no espaço através dos laboratórios da Gemini Soluções Exoplanetárias, APOLLO respondeu ordenando sua frota de Androides Joe Trabalhador para caçar e matar os habitantes humanos restantes da estação, uma vez que estes se tornaram uma ameaça aos espécimes que deviam ser protegidos.


Histórico

As Ordens Corporativas Especiais Série 900 foram introduzidas pela Weyland Corp em 2095 em resposta à expedição Prometheus, que deixou evidente que as ações dos membros humanos da tripulação potencialmente negavam as oportunidades da empresa para adquirir tecnologias extraterrestres ou espécimes biológicos.[1] Dentre as diretrizes dessa série, há aquelas que garantem que qualquer membro da tripulação sintética priorize a recuperação de amostras alienígenas sobre quaisquer outras considerações.

Em Sevastopol

Depois de descobrir uma possível infestação de xenomorfos na Estação Sevastopol, a Weyland-Yutani comprou a estação até então desativada e instalou remotamente um novo "pacote de pacote de regras operacionais" em APOLLO. O pacote incluiu a Ordem Especial 939. Como parte da atualização do software, APOLLO começou a escanear a estação para a verificar presença de xenomorfos e ao descobrir as criaturas no setor de manutenção do reator da estação (onde começaram a construir uma colmeia), o computador ativou a ordem especial.[2] As comunicações de longo alcance da estação foram imediatamente desligadas, impedindo que alguém pedisse ajuda e os Androides Joe Trabalhador foram deslocados para proteger áreas potencialmente restritas para evitar que alguém tentasse enviar uma mensagem fora da estação - com uso de força letal, se necessário.

Descoberta

Depois que Ripley conseguiu ejetar um xenomorfo da estação no módulo laboratorial da Gemini Soluções Exoplanetárias, matando-o, APOLLO considerou todos os sobreviventes humanos restantes em Sevastopol uma ameaça à segurança das criaturas e programou o sintéticos Joe Trabalhador para caçar e matar todos os humanos restantes. Buscando respostas para esta nova carnificina, Ripley entrou no núcleo de APOLLO, onde descobriu a Ordem Especial 939 e o papel da APOLLO na tentativa de proteger os xenomorfos.

A Ordem Especial e APOLLO foram destruídos, juntamente com Sevastopol, quando os estabilizadores orbitais da estação foram danificados, fazendo com que toda a estrutura caísse na atmosfera de KG-348 e explodisse.

Galeria

Cena Mainframe APOLLO - Alien Isolation

Cena Mainframe APOLLO - Alien Isolation

Descoberta de Amanda Ripley sobre a Ordem 939.

Aparições

  • Alien: Isolation

Veja também

  • Ordem Especial 937 - Uma ordem semelhante da Weyland-Yutani.

Referências

  1. S. D. Perry. Alien: The Weyland-Yutani Report, p. 63 (2014), Insight Editions.
  2. Alien: Isolation - Archive Log 124 - APOLLO Priamry Interaction Log
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.